Desde pequeno, escuto a expressão “opinião é que nem cu, cada um tem a sua”. Eu sei que pode parecer uma expressão pesada demais para uma criança, mas sempre a carreguei comigo e a cada dia vejo mais sabedoria nela.

Especialmente por causa de uma outra expressão muito corriqueira no meu crescimento: “futebol, política e religião não se discute”. Se a pessoa que costuma defender a segunda expressão fosse mais adepta à primeira, provavelmente não concordaria com ela.

É por não entender que cada um tem sua opinião e que esta merece ser respeitada que a maioria das pessoas propaga que “futebol, política e religião não se discute”. Afinal, tentam impor sua opinião sobre esses assuntos extremamente emocionais a qualquer custo e a gente sabe onde a ditadura (mesmo aquela da mesa do bar) pode nos levar.

Entretanto, existe uma grande diferença entre propagar uma opinião, uma visão pessoal sobre um assunto, e uma informação mentirosa. Quando você propaga algo sem embasamento algum no assunto, você tende a não dar apenas a sua opinião, mas a cometer gafes imensuráveis (e até criminosas em certos casos).

Por isso, após ver o vídeo dos rappers mandando rimas em apoio ao movimento “Vem pra rua”, que pede o impeachment da presidente Dilma, não vou simplesmente dizer que não apoio ou xingar os envolvidos, mas sim tentar esclarecer alguns pontos que definitivamente não fizeram sentido nessa história toda.

Até porque não sei a história de cada um pra estar ali. Não sei o que foi dito a cada um antes de fazer as rimas, a edição, esse tipo de coisa. Entretanto, sei o que cada um disse e isso pode ser questionado. Opiniões pessoais à parte, fora as coxinhadas que tentaram passar adiante, existe também algumas críticas legítimas e necessárias feitas ao governo. É uma pena que, como vou mostrar, foram feitas sem um preparo prévio, sem um real entendimento.

1. A existência do vídeo

De acordo com o Buddy Poke em seu perfil no Facebook, “o vídeo foi um freestyle com os temas que foram dados na palestra antes, eles apenas cortaram as melhores rimas e colocaram nessa espécie de Cypher pra chamar a galera pra rua”. Será que esse é um tema tão superficial assim pra ser tratado em um improviso, no qual a maioria das palavras aparecem sem pensar? O tamanho da divisão sobre o assunto nos deixa bem claro que merecia, pelo menos, muito mais tempo pra se pensar no que um irá dizer; pensar duas vezes até seria pouco.

“Eu não falei por falar, dei minha opinião pela posição em que eu estava naquele momento… Não sou de direita nem de esquerda, não sou contra nem a favor da Dilma, sou contra o errado e a favor do certo”, continuou o MC. Que tipo de palestra foi essa mesmo?

Soa bastante como coerção. Ou uns trocados.

 

2. “Corrupção em ação e ninguém encontra nenhum rastro”

buddy-poke-impeachment

Pelo contrário. A corrupção nunca esteve tão rastreada no nosso País. Obviamente, não está perfeito e há muita corrupção passando batido, mas nunca antes houve tanta prova contra os casos e tantos processos realmente acontecendo. Ou você acha que houve nada como o Mensalão em outros governos? Parece bem mais sensato acreditar que não eram descobertos/mostrados.

Aliás, mesmo em meio a tantas críticas ao atual governo, de acordo com o DataFolha, para 40% dos brasileiros, nunca houve tanta punição aos corruptos, ou seja, o governo da presidenta Dilma Rousseff é identificado como aquele que mais pune pessoas envolvidas em escândalos de corrupção.

 

3.  “[Lula] quer transformar Brasil em Cuba”

buddy-poke-impeachment2

Essa é possivelmente a afirmação mais coxinha da história das críticas ao governo, principalmente por fazer sentindo nenhum. Como que um governo que defende com unhas e dentes o fato de ter aumentado o poder de compra do brasileiro pode ser comparado ao comunismo ou a Cuba?

“Bradesco e Itaú batem recordes absolutos de lucro todos os anos. Não tem um banco infeliz no Brasil. O governo apoiou a consolidação da Ambev, Brasil Foods e dá a maior moral para as incompetentes empresas aéreas nacionais que merecem, quando muito, o desprezo. Fez isso porque sonha em ver essas empresas atuando lá fora e trazendo divisas ao País, assim como as multinacionais fazem na mão contrária. O PT no poder constrói a usina de Belo Monte, que é uma atrocidade ecológica, sob pressão das indústrias, e é aliadíssimo dos grandes produtores rurais que, se dependessem só deles, pendurariam cada integrante do MST num poste e passariam fogo. O MST, declaradamente socialista, que considera o governo petista um retrocesso na reforma agrária.” (Por Fernando Vives, em 12 de março de 2014).

Diga que tá uma merda, mas, por favor, NUNCA, eu repito, NUNCA aproxime o atual Brasil do “comunismo” de Cuba porque você não poderia tá mais errado.

 

4. A ironia  em “Vamo trazer [médicos] de Cuba que assim fica mais ético”

caio-kacurin-impeachment

Eu realmente não consegui entender o que ética tem a ver com a vinda dos médicos de Cuba. Será que ele quis dizer em relação à ética com os médicos brasileiros? Meio forçado. Ainda mais quando os nossos aqui tão se formando à base de KKK e violência! Tudo bem que ele precisava de uma palavra pra rimar com “médico”, mas… Outra, da maneira que ele fala, parece haver uma crítica a vinda desses médicos.

Pelo que entendo da história, existem certos lugares que os médicos brasileiros, na maioria das vezes dentro do seu direito, não tão a fim de colar, pelos mais diversos motivos. Não tenho o conhecimento da medicina cubana necessário para comentar na qualidade do serviço, mas até onde eu sei, o Brasil precisava de médicos. E os cubanos estavam dispostos a ajudar. A matemática parece fácil.

“Ah, mas a saúde no Brasil tá uma merda. Os médicos brasileiros não vão porque não há estrutura/compensação financeira”. Possivelmente. Fora casos específicos, eu imagino que seja isso mesmo. Mas, a questão não é nem essa. A questão é: independente da situação atual, a gente precisa de um médico ali; médicos brasileiros não querem ir; médicos cubanos querem; a matemática se ajeita mais uma vez.

VOCÊ DEVE(!!!!!) criticar o estado que o nosso sistema de saúde se encontra! Do ensino à estrutura e segurança dos postos. Tudo. Entretanto, não podemos ficar décadas criticando isso e por isso nos abster; há vidas sendo perdidas agora, não daqui a dez anos quando o postinho tiver melhores equipamentos.

 

5. “Problema que enfrentamos é o estupro democrático”

estudante-impeachment

Eu só tenho uma coisa a dizer: O QUÊ!? Mal fazem quatro meses que a Dilma foi reeleita DEMOCRATICAMENTE e o sujeito que pede impeachment sem o menor embasamento pra tal vem falar de “estupro democrático”? Parei.

 

6. “Lava-jato e mensalão; todos tinham que tá preso, a tal da Dilma e o Luladrão”

gok-impeachment

Da maneira como foram tratados todos os envolvidos no Mensalão, eu imagino que se tivessem comprovado um real motivo pro Lula ser preso, ele teria sido (ou algo parecido com isso). Se eu acho que ele tirou uma grana? Provavelmente, mas eu diria o mesmo pra qualquer outro político que me perguntassem. O mesmo vale pra Dilma.

Então, essa nem é a minha questão na rima do GoK. O meu problema com ela é: por que só citou a corrupção contra casos ditos do PT? Por que nada sobre a privataria Tucana, os metrôs de SP e DF ou o aeroporto do Cláudio?

 

7. O cabelo VERMELHO do Maomé

maome-impeachment

Quer melhor contradição que essa? hahahahahahahahahaha

 

8. O Maomé pedindo mais educação e respeito

maome-impeachment2

Pera aí, esse não é aquele cara que disse que “mulher tem que aprender a ser mulher” e que deveria “levar uma surra dentro de casa” e fez uns comentários homofóbicos nas redes sociais? Eu sei que ele pediu desculpas e disse que ia buscar se retratar, mas sair por aí dando lição de moral não é bem uma retratação.

 

9. O Márcio Garcia… espera, O QUÊ?

rappers-vem-pra-rua

É de esquecer todos os outros tópicos, vai dizer…

 

10. A resposta do Maomé aos críticos do vídeo

maome-impeachment3

Em seu perfil no Facebook, na noite da publicação do vídeo, Maomé publicou a pérola que cês podem ler acima. Eu acho que ninguém explicou pra ele como funciona essa parada de eleição/presidência. Se a Dilma sair, é EXATAMENTE quando Michel Temer vira presidente; como que alguém que acha o Temer pior pede o impeachment da Dilma?

“Precisamos de uma nova eleição”? Primeiro que a única possibilidade de isso acontecer é se “além do presidente, o vice também for afastado ainda na primeira metade do primeiro mandato. Enquanto a eleição é convocada, no entanto, quem assume é o presidente da Câmara dos Deputados” (por Paula Bianchi, 11 de março de 2015/UOL). Segundo que, pra que porra precisamos de uma nova eleição? Acabamos de votar! Não é uma nova eleição que vai resolver a situação atual do País; ainda mais quando no mesmo depoimento você diz que a solução não é o Aécio, o segundo colocado dessa brincadeira toda e único além da Dilma que poderia ganhar a eleição.

 

Bônus: Me diga com quem andas e te direi quem és

Embora eu pessoalmente tenha minhas dúvidas quanto à frase acima, não tenho dúvida alguma quanto à real motivação dos desfi… protestos realizados no último dia 12; protestos estes que os rappers acima tanto defenderam. Então, passei ali na página Humans of Protesto e reproduzirei alguns e algumas revolucionários(as) que andaram lado a lado com eles (os rappers).

QUERIA ⭐️ MORTA

Posted by Humans of Protesto on Monday, April 13, 2015

THE REAL POLITICAL REFORM ONLY THE MILITARY CAN DO

Posted by Humans of Protesto on Sunday, April 12, 2015

A JÁ TRADICIONAL SELFIE COM O CHOQUE

Posted by Humans of Protesto on Sunday, April 12, 2015

Não perca mais nenhum post!

Qual a sua opinião?

11 Comments

  1. O jornalismo deveria ser imparcial. Isso já decepciona qualquer leitor que entra aqui querendo encontrar argumentos e ver o lado errôneo do cypher.
    Até o quarto tópico encontramos argumentos válidos, quando chegamos no link que se refere ao trote com os alunos vestidos de KKK (onde os próprios alunos que sofreram o trote afirmaram que o trote foi totalmente pacífico, de violência não teve nada, o que teve foi falta de bom senso), a partir daí o que temos é um festival de ofensas aos rappers e poucos argumentos contra aquilo que eles defendem, é fácil notar que a raiva toma conta e que você claramente “se doeu” pelo partido que por eles é criticado (o tópico 7 é o que deixa isso mais claro, mas também temos vários outros exemplos).
    Lembre-se que os leitores daqui são mais RUA do que os leitores de qualquer outro conteúdo, e a rua conhece bem a liberdade de expressão. Discutir política não é errado, se cada um defendesse aquilo que acredita e não ofendesse aqueles que discordam da sua opinião.
    Também discordo do impeachment e de muita coisa dita no cypher, sobre os médicos e a comparação do Brasil com Cuba principalmente. Mas seu papel aqui era só evidenciar os porquês deles estarem errados, e não apontar pra eles e dizer “Vocês estão errados!”, enquanto criador de conteúdo, você deveria saber bem sobre isso.
    Paz.

    • Não é um texto jornalístico, o título já deveria deixar isso bem claro. Embora não haja no texto defesa a partido algum, apenas um questionamento de algumas mentiras disseminadas, agradeço pelo comentário respeitoso. Ah, e não disse que eles estão errados (como pessoa ou coisa do gênero, deixo bem claro que não os conheço), disse que essa e aquela linha deles está errada, até porque, como você pode ler antes da lista ser apresentada, afirmo que existem importantes críticas em meio a essa besteira toda.

  2. Sou jornalista e uma das coisas q aprendi é q jornalismo imparcial é a maior ilusão. Parabéns pelo texto!

  3. Manipulados pela Globo, não dá pra fazer que isso é Hip Hop, não tem conteudo, a Dilma rouba? o que você fez quando o Fernando Henrique roubou tirou ele do poder, não, você não viu isso na globo, porque a Globo era a favor do governo deles, agora dizer que ela rouba porque você ouviu por ai? O sistema é corrupto a mais de 50 anos, quem colocou esses diretores no poder da Petrobras foi o Fernando Henrique e fez uma rima pra ele ? Esse sim merecia, foi aonde muitas coisas começaram e ninguém fez nada, agora que tudo está vindo a toma, porque agora sim vai pra frente uma CPI, antes tinha muitas até mesmo da Petrobras, mais foi tudo colocado embaixo do pano. Tenho vergonha desse tipo de modinha querendo achar que é do movimento Hip Hop, aonde, vê os dois lados depois fale. Assim parece partidário. Parece que mudou a mentalidade pra ajudar a direita.

  4. Então todos que votaram na Dilma e no governo são profundos conhecedores políticos, sabem o que é sonegação, sabem o que é inflação, sabem o que significa uma terceirização (malefícios/benefícios)?
    Generalizar não é o caminho meu amigo.
    Por existir pessoas como essas que tiram selfie com o choque, eu tenho que engolir esse monte de bosta do governo calado?
    Engole ai, crescimento de 0,33%… e esse ano vai ser menos!
    Conseguiu quebrar o Brasil. Conseguiu destroçar a maior empresa do Brasil. E com mesada de 3,5% por mês ao seu partido , QUE ORGULHO DESSA ESQUERDA PTISTA EM?!

    Ah, coxinha?
    Sou perueiro e meu pai é açogueiro… Nós dois estivemos nas manifestações tanto de junho, como nessas ultimas.
    Deveríamos estar apoiando o governo como você?

    • Por que você tá questionando coisas que não existem no texto? Em nenhum momento escrevi que tá tudo bonito e apoiei o que tá acontecendo no governo. Só acho que pra fazer uma crítica é preciso ter embasamento no que se está falando, do contrário é só ódio destilado mesmo. Sobre você ser coxinha ou não, problema seu, tenho nada a ver com isso, você que se resolva internamente e com os livros.

  5. Tenho várias críticas a fazer ao governo Dilma, mas se vou fazê-las, faço ao lado da esquerda. Manifestar ao lado de reaça é osso. Como dizia De menos crime “a burguesia fede”.

    Rappers de direita fuck-off!!!

  6. Parabéns, cagou pelos dedos ao ficar ofendidinho pelo fato dos caras criticarem o partido que você ama, idiota útil. Jornalista de bosta!

  7. Não pode falar mal do PT que esse jornalista fica todo ofendido, ta vendo que a luta não é contra o seu partido PT, mais sim contra a corrupção, independente de partido, seja ele PT, PSDB, PMDB ou seja, fica a dica ai jornalista de esquerda.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*